0

Em algum lugar...

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010.
Queria que você estivesse aqui comigo
você não sabe a falta que você me faz
queria poder te abraçar, te tocar
desde a primeira vez que te olhei
senti meu corção bater novamente
eu senti a alegria de viver
sinto falta de você
você não esta aqui comigo
me sinto triste novamente
preciso saber onde você está
eu te encontrarei em algum lugar...
eu quero te abraçar e nunca deixar você ir
eu sei que você está ai em algum lugar...

Leia Mais...
0

Desire

sexta-feira, 19 de novembro de 2010.

Minha doce faca... Querida navalha

Caminho nessa noite fria inerte

Estou a delirar

Ofegante de tanto sofrer

Chorando, não querendo mais ver o amanhecer

Sinto meu sangue correr... Penso em você

Minha querida navalha

Desejo-te

Um desejo submisso

Quero-te

Rasgue-me...

Deito em minha cama e sinto a brisa

Existente apena em minha mente

Estou com pessoas ao meu redor

Mas estou sozinha em minha agonia...

Amo-te doce faca, ande corte-me, rasgue-me

Olhe este sangue

Sangue vermelho

Sangue sofrido

Doce sangue

Que delicia é o prazer que você me oferece

Adoro sentir você rasgando-me

Ferindo-me tão cruelmente!

Oh!Que prazer

Doce faca minha amada

Corte-me, rasgue-me com tua lâmina

Afaste de mim a dor que sinto em meu coração

Traga-me o prazer da sensação

Do teu amor...

Lhe desejo querida

Desejo-lhe mais que minha própria vida!...

Lady Dark

Leia Mais...
0

Rainha meretriz

quinta-feira, 4 de novembro de 2010.

Tornava-se pesado o manto,
A epiderme mal suportara a essência
O corpo não comparecia com a mente
A alma era um escudo de inércia.

Diziam as almas deambulantes,
Que Ela o merecia,
O relento, o frio do Inverno, a dor…
A conjunção da própria agonia.

Que maledicência fizera Ela,
Abandonada na sua corte e julgada
Suja, imunda, mal tratada,
Pelos dedos da acusação renegada .

Fora Rainha em tempos
Imponente, altiva, Guerreira,
Para sua má sorte,
Na Luxúria se mostrou cativeira.

Rainha jamais,
A feitiçaria também lhe descendia,
Linhagens manchadas…
A meretriz sempre se erguia.

Consortes dançavam-Lhe entre dedos,
Na valsa e no escarlate
E no canto da trigueira
Rainha, Meretriz, Feiticeira.



Leia Mais...
0

A sua imagem

Faz nasceste a cada manhã, no horizonte de ninguém, e se por no coração de alguém…
Alguém que não sabes de onde veio e nem de onde vai…
No submundo da inexistência que lhe trouxe fazendo me levar à um nada que formulou o tudo….
Fazendo velejar nesse sonho inoportuno, onde meus dedos elevam os céus e o inferno, sem saber os olhos que o perseguem, sem saber os olhos que o amam….
Do beijo que era de amor se dilatou em uma aquarela de sentimentos sem fim…
Fazendo desse quadro uniforme, um abstrato se tornar, onde eu não sou o pintor nem a pintura, apenas o rascunho de um nada que fui e um nada que me tornei…
markinhos
Leia Mais...
0

As aves

A tristeza é para mim como o som do canto dos pássaros.

Destilo o seu sangue no vapor dos meus olhos em chamas.

É quando as aves da tarde e da noite me cantam o hino das
noites fecundas.

Mergulho nas almas desses anjos e encontro meu espírito
fértil no túmulo das Eras:

A morte dos mundos…

Silêncio entre os vivos, e os mortos.


Leia Mais...
2

Sombras

Sombras valsam na escuridão… E velas carregam nas suas mãos.

O vento lhes traz as tempestades e num clarão, elas se fazem carnes…

O único susto que dão, é a percepção profunda que trazem dos Homens.

As sombras são vultos que esvoaçam na igreja,

Das nossas almas.


Leia Mais...
0

Do hoje de fárois

Memórias resolvidas,
Poeira de fruição,
A diluir-se em prantos,…

Lembro-me de ti amarquesada,
Cálice de transparência,
Reflectindo luar de Inverno,…

Olhar de caniçada,
À beira do rio de sonhos,
Em que parto de ti a fora,…

Do hoje de faróis,
Para o ontem de vultos,
Ficámos nós,…

Nunca menos que almas,
Sempre mais que expectativas,…
desconhecido

Leia Mais...
2

Alma nua

A menina girou pelo mundo.

Não encontrou seu pranto da
lágrima desnudo.

Cantou no seu mundo
esdrúxulo.

Pulou no seu sepulcro
invisível.

Mas quando sua alma um
salto deu no abismo,

Seu corpo estremeceu…

E o seu choro morreu
mudo.

Leia Mais...
2

Adeus

segunda-feira, 18 de outubro de 2010.
Adeus! e para sempre embora,
Que seja para nunca mais:
Sei teu rancor - mas contra ti
Não me rebelarei jamais.


Visses nu meu peito, onde a fronte
Tu descansavas mansamente
E te tomava um calmo sono
Que perderás completamente:


Que cada fundo pensamento
No coração pudesses ver!
Que estava mal deixá-lo assim
Por fim virias a saber.


Louve-te o mundo por teu ato,
Sorria ele ante a ação feia:
Esse louvor deve ofender-te,
Pois funda-se na dor alheia.


Desfigurassem-me defeitos:
Mão não havia menos dura
Que a de quem antes me abraçava
Que me ferisse assim sem cura?


Não te iludas contudo: o amor
Pode afundar-se devagar;
Porém não pode corações
Um golpe súbito apartar.


O teu retém a sua vida,
E o meu, também, bata sangrando;
E a eterna idéia que me aflige
É que nos vermos não tem quando.


Digo palavras de tristeza
Maior que os mortos lastimar;
Hão de as manhãs, pois viveremos,
De um leito viúvo despertar.


E ao achares consolo, quando
A nossa filha balbuciar,
Ensina-la-ás a dizer "Pai",
Se o meu desvelo vai faltar?


Quando as mãozinhas te apertarem
E ela teu lábio -houver beijado,
Pensa em mim, que te bendirei
Teu amor ter-me-ia abençoado.


Se parecerem os seus traços
Com os de quem podes não mais ver,
Teu coração pulsará suave,
E fiel a mim há de tremer.


Talvez conheças minhas faltas,
Minha loucura ninguém sabe;
Minha esperança, aonde tu vás,
Murcha, mas vai, que ela em ti cabe.


Abalou-se o que sinto; o orgulho,
Que o mundo não pôde curvar,
Curvou-se a ti: se a abandonaste,
Minha alma vejo-a a me deixar.


Tudo acabou - é vão falar -,
Mais vão ainda o que eu disser;
Mas forçam rumo os pensamentos
Que não podemos empecer.


Adeus! assim de ti afastado,
Cada laço estreito a perder,
O coração só e murcho e seco,
Mais que isto mal posso morrer.

Leia Mais...
9

Alma perdida

Dias de Luz
Noites escuras,
Ventos gelados sopram,
Trazem para perto de mim almas mórbidas
Ando pelas ruas a lembrar dos dias de luz
Pois agora só me restam trevas e escuridão
Eu mergulhei no poço mais fundo, estou na lama, perdida no pântano de culpa
Eu fazia as coisas sem olhar pra traz, e sem olhar pra frente, nunca pensei, tudo poderia mudar
Agora eu fico a desejar, a sonhar com o que passou
Como eu queria que voltasse
Que você voltasse
Que a vida voltasse
Traga-me de volta os dias de luz
Leia Mais...
5

Gritos da alma

Ouço um grito desesperado!Sinfonia do inferno!

Minha alma implora por ajuda... meu coração bate de vagar...

Sinto o cheiro da morte!

Meus sonhos, minhas orações, eu não posso acreditar!

Não pode ser apenas dor!... Meus caminhos, todas essas lagrimas e todos esses gritos!...

Há uma razão para minha vida?

Minha alma está cansada!

Deitarei em meu caixão e esperarei pela cerimônia da morte...

E por suas palavras profanas...

Dia perfeito para chuva, ouço agora uma canção para dizer adeus

Adeus até o fim desta vida...

Quando minha luz for embora ouça minha musica e o meu clamor...

Ainda não é o fim desta vida!

by:lady dark

Leia Mais...
12

Olhos negros

quarta-feira, 13 de outubro de 2010.

Teus lindos olhos negros
Me fazem sonhar
Me fazem esquecer quem sou
Teus lindos olhos negros
Me fazem viver em outra dimensão
Me fazem querer voltar no tempo
Teus lindos olhos negros
Me fazem sorrir chorando
Me fazem chorar sorrindo
Me fazem sentir saudade
Me fazem morrer de amor
Porque não olham pra mim...
Teus lindos olhos negros...
Teus lindos olhos negros...


Leia Mais...
1

Doce vingança

domingo, 26 de setembro de 2010.

Grande Mãe, sábia criadora,
Faça-me fria e desalmada
Para que na aurora vindoura
Sinta-se minha alma vingada

Lave com o sangue de meus inimigos
As cicatrizes que, em mim, fizeram
Caiam podres em seus jazigos
Aqueles que, meu perecer, quiseram

Sejam testemunhas meus pulsos
Minha carne chora comovida
Sejam testemunhas meus soluços
Minha garganta gane dolorida

Gozem a terra seca
E os ossos decompostos
Goze escondido quem peca
E aqueles, pelo mal, dispostos

Ria por último,
O riso que quiser ver
O brilho sanguinolento íntimo
No olho do inimigo, quer fazer

Das veias do inferno,
É nascido meu interior
Foi meu ódio eterno,
Fundido no seio da dor

Não ousem orar por mim
Aqueles que me deram as costas
Inútil é comemorar meu fim
Enquanto o diabo fecha suas cotas

Inútil é a ilusão
Não é paraíso, estrelas, nem céu
Inútil é a sensação
De tornar minha dor seu troféu

Para todo o corpo há lugar no espaço
E para toda a alma vendida,
Na mão do diabo, em seu maço
Há um lugar para ser redimida

Ria de mim e de sua neurose
Enquanto tiver lábios para rir
E não forem tragados pela necrose
Deixo-o pensar que estou a sucumbir

De quem será mais forte o riso
É o que veremos quando os olhos se fecharem
Em frente ao seu túmulo, verá meu sorriso
Enquanto vejo suas entranhas degenerarem

Guarde minhas feridas
Para que guardem minhas lembranças
Seja toda a injúria, contra mim, proferida
Amanhã, meu doce hino de vingança.

Leia Mais...
0

Ultimo sonho

terça-feira, 21 de setembro de 2010.

Lembro-me daquela noite que estava-mos juntos,

Em um lugar onde tudo parecia ser perfeito

Lembro dos teus olhos negros como a noite,

Você parecia feliz por estar ao meu lado.

Oh,o mais doce e puro sangue corria em minhas veias,

Sangue que me envolvia completamente, me aquecia...

Pela primeira vez me senti amada e protegida,

Momento perfeito.

Mas eu estava enganada, você não estava feliz

Senti que queria me dizer algo, e então senti lagrimas

Descendo no meu rosto... Por quê?

Eu te amei tanto e sempre vou amar... Por quê?

Mas aonde você vai?sem ninguém para salva-lo de si mesmo...

ferida pelo meu próprio amor,

será que você não entende? Sem você não posso viver

você é quem me da forças para continuar...

me senti fria e triste novamente,e então percebi

que era apenas um sonho, você nunca existiu,

você é apenas fruto da minha imaginação, um sonho...

...o único e ultimo sonho.

by:lady dark

Leia Mais...
1

Seres detestáveis

impressionante como nós os conhecemos
Impressionante como às vezes somos
Impressionante como não há solução
Pois todos somos detestáveis

“Ninguém é prefeito” repetem os inúteis
E não sabemos?
E não sabemos que as pessoas podem ser detestáveis?
Pois também sou! Um ser deveras detestável!

Cobramos o que não fazemos
Prometemos o que não cumprimos
Frequentamos igrejas que não obedecemos
Falamos em amizade e criticamos

Como somos detestáveis e hipócritas
Sinto uma profunda dor para essa reflexão
Sim! Passo por um momento chato
E percebo que apenas através dessas palavras...
Posso desabafar

Pela manhã começa um novo dia...
Preciso ser forte!
E sorrir quando quero chorar.
Leia Mais...
1

Mestre das trevas

segunda-feira, 20 de setembro de 2010.

Mestre das trevas estou a te esperar,

Espero você me levar para as profundezas do inferno,

Quero junto a você reinar para todo o sempre,

Juntos levaremos estas pobres almas que estão

A vagar neste mundo, almas perdidas, condenadas

A sofrer, o que elas têm a perder?

Venha mas venha logo, a algo no meu peito

Que me impede de respirar... Me sufoca

Venha me leve com você

Serei sua eternamente sua...

Solitude...

by:lady dark

Leia Mais...
5

Sobre meu sangue

sábado, 18 de setembro de 2010.

Minha alma ainda continua em pedaços, meu corpo quase não consegue sobreviver aos ferimentos, preciso me levantar e continuar, mas não existem mais forças em mim , e aos poucos eu vou enfraquecendo,vou morrendo. Preciso que alguém me retire daqui, que faça a cura em todos os meus ferimentos, que me traga forças. Preciso que me faça sorrir novamente, trazendo toda a luz e que me traga a vida plenamente.
Se você consegue me ver, por favor, venha logo, correntes estão presas em meu braço e sangra ...
O ar que respiro é aterrorizante e me sufoca eternamente, meu sangue está gelado, estou com frio.
Afogo-me em minhas próprias lágrimas, e estou morrendo meu amor, estou indo para sempre, volte e retire tudo isso interno de mim, da minha alma. Limpe as minhas lágrimas porque eu não consigo mais respirar, respirar... Só tenho tendência a sangrar, sangrar... Chorar, chorar sobre meu sangue.
Leia Mais...
6

Suicídio

sábado, 14 de agosto de 2010.


Perdida em meus pesadelos

Vagando sozinha na noite

Com meu pobre e sombrio coração...

Nuvens negras cobrem o céu

Ouso vozes a cantar uma suave e doce melodia

Vejo anjos a voar sobre o triste céu negro e sem vida

Sinto uma leve brisa no meu rosto...

E em fim as ultimas batidas de um coração cansado de tanto sofrimento...

O sangue corre entre minhas mãos...

Perdoe-me, mas tenho que partir.

autora: Lady dark

Leia Mais...
3

corredores da desgraça

segunda-feira, 26 de julho de 2010.
corredores da desgraça pintados de verde
lobos poderosos te cercam pela parede
ouçam-os rastejando a sua porta
por isso nao ve q sua esperança esta morta
corra grite peça piedade por sua vida miseravel
os meus atos me tornam imperdoavel
eu sou insanno mato por prazer
tenho isso em minha mente quase como um dever
corredores da desgraça pintados de verde
lobos poderosos te cercam pela parede
este santo nao vai te ajudar apague essa vela
não ve que sua esperança foi estuprada como uma cadela?
veja seus entes queridos morrendo
pra mim e divertido ver vc sofrendo
olhe nos meus olhos e veja o lado mais escuro da humanidade
irei te caçar sem nenhuma piedade
corredores da desgraça pintados de verde
lobos poderosos te cercam pela parede
correr e gritar nao vai adiantar
o unico jeito de sair e matar
Fabrício Assunção
Leia Mais...
3

Ajude-me

domingo, 11 de julho de 2010.

Não vire as costas agora, preciso de você

Só você pode me tirar desse escuro

Venha, me de a Mao e me tire deste mundo

Me leve com você

Não suporto esse vazio em minha alma

Não suporto esse coração frio

Não suporto essa angustia

Quero deitar-me sobre a terra e ser absorvida para seu interior

Ser parte da sua essência.

Quero vagar com os mortos ao anoitecer

Não suporto mais viver

Eu suplico

Ajude-me....

autora: Lady Dark
Leia Mais...
5

Ao seu lado .


Não fique assim eu estou aqui, sempre estarei ao seu lado

Cuidarei de você para sempre

Curarei suas feridas, enxugarei suas lagrimas

Morrei por você, mas não me deixe

Não sei viver sem você

Dê-me a mão e venha comigo

Voaremos para tão longe que estaremos perdidos antes do amanhecer

Estarei ao seu lado quando você acordar.

Estarei aqui para todo o sempre.

Te amo

autora: lady dark

Leia Mais...
2

Fantasmas

O dia se foi... a noite vem chegando como uma criança,

Mortos levantam dos seus túmulos para celebrar mais uma noite

Noite calma... Sinto uma profunda tristeza dentro de mim, um silencio eterno

Vejo fantasmas a vagar, quando estarei com Eles?

Quando estarei livre desse mundo de mentiras?

Sinto a brisa leve tocar meu rosto, este é o paraíso que me reserva

Sei que estarei bem ao lado deles

Sei que vou me libertar desse vazio

Sei que em breve não estarei, mas aqui...

autora : lady dark

Leia Mais...
2

Jovens assassinos

sexta-feira, 25 de junho de 2010.
As pessoas estão indos embora
sangue pelo chão
gritos pelo ar...
Não sei o que vou fazer
não sei como encontrar forças para correr
pois quem eu amo
está morto no chão
Maldito aquele que viola a lei divina
matando pessoas por pura diversão!
Por ti, amor! Morrerei!
Só não quero viver
num inferno de podridão!
Ilusão minha era achar que eles tivessem alma
que eles tivessem compaixão!
Um bando de jovens destruídos
por uma sociedade de eterna maldição.
Jovens assassinos...
Jovens sem alma e sem coração!
Jovens, condenados por um mesmo destino que eu...
O destino da solidão!
Perdi quem mais amei
e em cima de seu corpo chorarei
minha alma destruída pela vingança
e meu coração consumido pela tristeza
vão sempre ficar assim...
Até que no inferno te encontrarei!
Leia Mais...
2

Máscaras

Sim, elas existem
Não vejo pessoas, mas sim fantoches
O olhar engana, o conhecer mais ainda
Usamos muito mais que roupas e acessórios
Colocamos máscaras...
Por quê?
Proteção? Vergonha? Ou pelo simples fato de engana?
Temos que nos proteger do mundo, temos vergonha de nossos atos, e adoramos enganar o próximo...
Máscaras sorridentes, máscaras tristes, máscaras lindas, máscaras a sangrar, a gritar por socorro
Falsidade? Eu chamo de Teatro
As pessoas precisam, elas pedem para serem enganadas
É simples, fácil, muitas das vezes chega a ser prazeroso
A verdade machuca, nos leva a sofrer
Algo que nos faz fugir de uma dor pode ser considerado ruim?
Depende da máscara...
Leia Mais...
0

Último suspiro a

Veja o nada em que me tornei
Teu silêncio é sufocante
Você poderia ver se notasse a minha medíocre existência
Não feche seus olhos agora
Logo agora que preciso de ti
Estenda a tua mão e me tire desse escuro
Aqueça-me nesse frio mórbido, nessa noite triste
Faça-me viver novamente... Se é que um dia eu estive viva
Queria sonhar novamente...
Mas tudo o que acontece é você vir,invadir a minha mente confusa
e assombrá-la,consumindo o único resto de sanidade que há em mim
enfraqueço nesse silêncio,seus olhos tão distantes que preferem fitar o nada que a mim
Não consigo dizer uma só palavra
Isso vai acumulando,acumulando,me envolvendo...
Sufocando-me, me possuindo, me matando...
Despedaçada...
Veja o que está diante de ti, não feche os olhos
Não seja mais um a fazer isso comigo
Este é o meu último suspiro que deixo para ti...
Leia Mais...
2

Minha eterna escuridão

ESCURIDÂO que me conforta,
Escuridão que me dá sossego.
E que preenche o imenso abismo
Que existe em meu coração.
Escuridão que vem acompanhada da SOLIDÃO,
Solidão que esteve comigo em toda minha vida...
Lembrando-me do quanto é bom senti-la
Ocupando o meu ser.
Solidão que vem acompanhada da DOR...
Dor que me faz adormecer chorando...
Dor que me faz amanhecer odiando...
Odiando a noite perdida,
Odiando a minha própria existência.
Dor que me faz idolatrar a MORTE.
Morte que me persegue,
Porém nunca me leva com ela.
Morte!Essa sim me faz ansiar a sua chegada.
Todo o meu mundo se tornou uma eterna escuridão,
Depois que conheci a verdadeira face da humanidade,
Por isso resolvi criar um mundo só meu.
Um mundo composto de escuridão, dor, solidão, morte e sofrimento.
Essa é minha eterna escuridão!
Essa é minha vida.
autora: lady vampire
Leia Mais...
0

Maldito espelho

Oh... Maldito espelho,
Eu lhe odeio,
Ódio esse que jamais tive,
Por algo ou alguém nessa vida.

Tu que vives a me hipnotizar,
Mostrando-me minha face,
Meu olhar profundo e distante,
De lamentos e pesares.

Oh... Quantas vezes já chorei à sua frente,
Quantas vezes conversei contigo,
Na tentativa frustrada de afastar o silêncio,
E amenizar a solidão.

Mas por quê ?
Por que me enganas?
Oh MALDITO ESPELHO,
Mostra-me quem sou de verdade...
Caso contrário quebrar-lhe-ei,
E minha face para sempre ocultarei.
Leia Mais...
2

Anjos da noite


Numa noite de inverno

eu vi meu mundo se acabar
em um tempo eterno
Eu andava a vagar
em busca de uma alma
A me acalmar
Naquela noite
Eu vi passar
Anjos a me atormentar
Achei que jamais encontraria a paz
mas num momento eu percebi
que você teve ali...
No meio dos anjos a me atormentar
querendo me ajudar
naquele momento
De tormento e sofrimento
Você faz me sorrir!
E hoje eu descobri
que você é um anjo especial
cada noite que surgir
na luz do luar
eu sempre irei lembrar
que você me trouxe a vida...
E a paz infinita!
Leia Mais...
4

Nobre Melodia:

sábado, 22 de maio de 2010.


Estava eu andando entre mortos
Perdida num campo de negras rosas
Ferida por alguns espinhos, derramava meu sangue
Sentia meu espírito me deixar alguns instantes

Sentei-me então perto à maior lápide
Ouvi sussurros do vento
Quebravam aquele silêncio
Harmoniavam aquele momento

E naquela nobre melodia
Confusa, eu me perdia
Negras sombras já estavam a me envolver
E meu coração, eu nem sentia mais bater

E num momento repentino
Já era finito meu desatino
Meu coração já voltava a doer
E as sombras começavam a desaparecer

Com o tempo, já não ouvia mais o vento
Dentro de mim, gritavam meus lamentos
E novamente..
Estava eu andando entre mortos
Perdida num campo de negras rosas

Leia Mais...
 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |