vazia

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010.
Tão vázia é a minha existencia na penumbra da noite
vago sem rumo, na luz do dia durmo e acordo.
Existencia sem vida e corpo sem alma funebre é minha
aparencia, gelada é a minha alma....
e ainda sim vivo?!
sercados por muitos e ainda só....
ainda vejo minha vida de expresionismo alemão
sombrio, sem cor e sem vida...
caminho perdido arabescos pintados pelo destino
enquanto minha mente fica presa aos arabescos
que eu mesma pintei mente sem motivação...
e ainda sim vivo?!








































































Comentários:

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |