poesia da podridão

terça-feira, 2 de março de 2010.
Agora que estás morta e apodrecendo,
Oculta na clausura do caixão,
Eu quero, com a fome de um leão,
Comer o teu cadáver estupendo!

Necrofagia: É disso que eu entendo!
Quero comer a tua podridão,
Mastigar e engolir com emoção
O que os vermes também estão comendo.

Eu vou te devorar com meu critério:
Vou invadir o velho cemitério,
Desenterrar teus cálidos destroços,

E devorar teu corpo podre e preto;
E após sobrar apenas o esqueleto,
Eu vou querer lamber até seus ossos!


5 Comentários:

Kaynã Dark disse...

Sai dessa vida, Comer um feijão com arroz faz bem^^xD abçs

Kaynã Dark disse...

amor liga nao , fico massa pra quem curta um difunto^^

lady dark disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tah amor rsrsrrs

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rhuan Ardison Coelho disse...

não dá pra viver assim... falta um pedaço de mim ♫♪.
ASSIM DISSE O MORTO!

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |