Maldito espelho

sexta-feira, 25 de junho de 2010.
Oh... Maldito espelho,
Eu lhe odeio,
Ódio esse que jamais tive,
Por algo ou alguém nessa vida.

Tu que vives a me hipnotizar,
Mostrando-me minha face,
Meu olhar profundo e distante,
De lamentos e pesares.

Oh... Quantas vezes já chorei à sua frente,
Quantas vezes conversei contigo,
Na tentativa frustrada de afastar o silêncio,
E amenizar a solidão.

Mas por quê ?
Por que me enganas?
Oh MALDITO ESPELHO,
Mostra-me quem sou de verdade...
Caso contrário quebrar-lhe-ei,
E minha face para sempre ocultarei.

Comentários:

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |