Do hoje de fárois

quinta-feira, 4 de novembro de 2010.

Memórias resolvidas,
Poeira de fruição,
A diluir-se em prantos,…

Lembro-me de ti amarquesada,
Cálice de transparência,
Reflectindo luar de Inverno,…

Olhar de caniçada,
À beira do rio de sonhos,
Em que parto de ti a fora,…

Do hoje de faróis,
Para o ontem de vultos,
Ficámos nós,…

Nunca menos que almas,
Sempre mais que expectativas,…
desconhecido

Comentários:

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |