4

Psicologia de um Vencido

segunda-feira, 22 de agosto de 2011.

Amigos e passantes, hoje quero-lhes apresentar
um lindo e belo poema de Augusto do Anjos...
Muitos já o devem conhecer... tenho mais 
novidades, e uma nova parceria com o amigo e 
Anjo Fael, seguidor e comentarista do meu Blog.
Nesta nova fase, aguardo a visita de todos...
Pois também visitarei meus seguidores. Beijos
                       †Layd Dark†
Eu filho do carbono e do amoníaco,
Monstro de escuridão e rutilância,
Sofro, desde a epigênese da infância,
A influência má dos signos do zodíaco.

Profundissimamente hipocondriaco,
Este ambiente me causa repugnância...
Sobe-me a boca uma ânsia análoga á ânsia
Que escapa da boca de um cardíaco.

Já o verme este operário das ruínas,
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e á vida em geral declara guerra.
Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialidade inorgânica da terra!

          †Augusto dos Anjos
Leia Mais...
2

Se eu morresse amanhã!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011.



Se eu morresse amanhã, viria ao menos
Fechar meus olhos minha triste irmã,
Minha mãe de saudades morreria
Se eu morresse amanhã!
Quanta glória pressinto em meu futuro!
Que aurora de porvir e que manhã!
Eu perdera chorando essas coroas
Se eu morresse amanhã!
Que sol! que céu azul! que doce n’alva
Acorda ti natureza mais louçã!
Não me batera tanto amor no peito
Se eu morresse amanhã!
Mas essa dor da vida que devora
A ânsia de glória, o dolorido afã...
A dor no peito emudecera ao menos
Se eu morresse amanhã!
(Alvares de Azevedo)
Leia Mais...
 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |