2

Príncipe das Trevas

domingo, 23 de outubro de 2011.

Somos sempre movidos por algo... o ser humano precisa muito de emoções, estímulos, um combustível para a sua alma, precisa de sonhos, mesmo os mais utópicos, mas é preciso acreditar para idelizá-los. Lembrem-se: 
A realidade começa no projeto de um sonho.

Tem um poema lindo da Vanusa que deixarei a vocês, essa rosa negra colhi nos abismos do Insanedelirium. Visitem...
http:insanedelirium.110mb.com/poesia.html

Como manda o protocolo, deixarei um carinhoso beijo as leitoras, e um respeitoso abraço aos leitores. (rs)
Especialmente a Lady, que mesmo ausênte, sempre se faz presente nas lacunas e labirintos deste Blog. Isso tudo não teria razão sem ela. Boa semana a todos, e uma otíma leitura. Fael

                    Príncipe das Trevas

Vejo surgir da escuridão...
o mais exótico e intrigante ser.  
Asas negras, traje preto;
e um olhar de enlouquecer...

Me olha insistentemente...
Parece ler meu pensamento...
E essa sensação que eu sinto,
de conhecê-lo há muito tempo.

Passeando por entre os túmulos, 
aproxima-se lentamente...
Cumprimenta-me com um sorriso...
e me beija docemente...

Suas mãos deslizando em meu corpo...
Sua língua tocando os meus seios...
Abraços mais que apertados...
E minhas mãos nos teus cabelos.

Momentos inesquecíveis,
Difíceis de esquecer...
Em seus beijos eu me perco;
e nos teus braços sou Mulher!

         [Vanusa Santos]
Leia Mais...
7

Virgem Senhora

domingo, 9 de outubro de 2011.
 
Olá amigos leitores, aqui estamos envolvidos em mais um encontro, para mais uma viagem no mundo da leitura. Na postagem anterior, eu havia falado do Blog da Nix, hoje vou lhes mostrar um poema que me faltaria palavras para fazer rasgados elogios, pois realmente mais parece uma oração, aquelas poderosas preces, ante a morte, do que um poema.
Flutua coisas lindas no âmago da Nix, sorte a nossa por sermos apreciadores de tais escritas...
Obrigado Nix... Lady, estamos com saudades de você, e das coisas lindas que escreve... 
Exelente semana a todos assim como a leitura. 
Beijos... Fael

                   †Virgem Senhora†

Salve a linda, imaculada, doce e virgem senhora da tristeza, que trás as piores lembranças da vida quando vos suplicamos a morte.

No crepúsculo vejo seu rosto divino macilento como a distante lua...

Mãe, em torno da tua escuridão peço-te piedade de minha alma que se encontra mais caída do que os céus sem estrelas...

A beleza de tua gélida face destrói os raios solares... 

Neste momento a única luz restante é a da vela em minha sepultura...

Arranque-me daqui, oculte minha alma.
Talvez só assim reconhecerei a paz.

                    [Diana Andrade] †Nix†
 
Leia Mais...
5

Sem Lápide, sem Flor

domingo, 2 de outubro de 2011.
Em misto a olhares dos que visitam, e os que já são da casa, assim como eu seguidores da Lady, hoje vou  compartilhar mais um belo poema da Leni Martins...
Quero falar também sobre o Blog da Nix...
†Alba Lupus†    http://albalupus.blogspot.com/
Ela aborda uma série de temas, e com conhecimento  de causa, além de postagens a nível de escritores[as] consagrados[as]
Deixo aqui a minha sugestão... confira...
[Canção do Súcubo] visitem-na.
Mais uma vez desejo uma boa leitura, e uma ótima  semana a todos... Beijos †Fael† 

*Lady desejo a você uma maravilhosa semana... Sou grato pelas emoções... [sempre] 

                   Sem Lápide sem Flor

Sepultarei este sentimento, sem lápide, sem flor
no mais profundo esquecimento, sepultando junto toda a minha dor.

Sepultarei minhas lembranças, e toda a saudade
que sinto de ti... no mais profundo esquecimento
no lamento de cada dia que perdi...

Sepultarei este sentimento, e junto dele minha
esperança, minha ilusão sangrando a alma,  
feito lança fincando coração...

Enterro-te meu sentimento, no poço fundo que
me lançastes, permaneça lá no fundo de onde
saíste, e nunca mais me vem afligir...

Sepultando-te eu sobrevivo sem lamúrias...
sem sofrimentos, encontrando minha luz...
afugentando meu tormento.

Sepulto este amor... no mais profundo 
esquecimento...
Sem ressentimento... sem lápide, sem flor...

                   [Leni Martins]                                      
Leia Mais...
 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |