Virgem Senhora

domingo, 9 de outubro de 2011.
 
Olá amigos leitores, aqui estamos envolvidos em mais um encontro, para mais uma viagem no mundo da leitura. Na postagem anterior, eu havia falado do Blog da Nix, hoje vou lhes mostrar um poema que me faltaria palavras para fazer rasgados elogios, pois realmente mais parece uma oração, aquelas poderosas preces, ante a morte, do que um poema.
Flutua coisas lindas no âmago da Nix, sorte a nossa por sermos apreciadores de tais escritas...
Obrigado Nix... Lady, estamos com saudades de você, e das coisas lindas que escreve... 
Exelente semana a todos assim como a leitura. 
Beijos... Fael

                   †Virgem Senhora†

Salve a linda, imaculada, doce e virgem senhora da tristeza, que trás as piores lembranças da vida quando vos suplicamos a morte.

No crepúsculo vejo seu rosto divino macilento como a distante lua...

Mãe, em torno da tua escuridão peço-te piedade de minha alma que se encontra mais caída do que os céus sem estrelas...

A beleza de tua gélida face destrói os raios solares... 

Neste momento a única luz restante é a da vela em minha sepultura...

Arranque-me daqui, oculte minha alma.
Talvez só assim reconhecerei a paz.

                    [Diana Andrade] †Nix†
 

7 Comentários:

†Nix† disse...

Realmente é uma oração! Mais uma vez muito obrigado, brevemente digitarei outros poemas.
Boa noite.

Fael...Sweet Dreams disse...

Será um prazer Nix, ler, comentar e divulgar esses poemas que correm como sangue em sua veia...Bjs

Anônimo disse...

é sempre um prazer...gostaria de contatos...vi sua página e me fascinei...sou apenas um corvo procurando um lugar para descansar...

Tholuk disse...

Olá bom eu sou um pouco novo no mundo dos góticos mas por algumas coisas que li acho que me encaixo no perfil.. eu fiz um poema espero que gostem.

Eu

Eu apenas aquele
escondido no fundo
dos destroços amontoados
da tristeza.
Eu, apenas a sombra que vaga pela noite escura e vazia
coberta apenas pelo brilho da lua onde todos vêem
mas poucos a entendem verdadeiramente.
Eu, segredos obtidos atraves de olhares
e lagrimas que ninguem copreendem.

Fael...Sweet Dreams disse...

Tholuk, no balbuciar das tuas obscuras palavras, já fazem brilhar os olhos daqueles que se alimentam da escuridão, e dos seres que nela habitam. Parabéns! esta no caminho certo, sempre aprecio a sombra das palavras vinda de sentimentos que muitos não compreendem.
Volte sempre! Abraços.

†Nix† disse...

Com todo este sentimento, você escolheu o caminho certo a seguir. Nunca tenha medo de mostrar quem você é, seja nas palavras, na música ou na estética.
Bem vindo ao nosso mundo.

Neuza Vitória disse...

WOW! Estou, definitivamente, sem palavras! É sempre muito bom ler poemas como o seu! Parabéns, Nix!

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |