Criatura da noite

sábado, 12 de novembro de 2011.
Nascido na névoa escura e solitária.
Profunda é a noite e eterno o seu tempo de poder.
Fome tão grande e paixão profunda
Desejos sombrios.
Recém-nascidos chorando.
Escuros lábios carmim.
Escuros como o brilho do sangue.
As primeiras vítimas sempre os deixam com mais desejo.
Presas graciosas deslizam
 para fora de sua boca faminta
Na noite escura...
A escura rosa que os seus espinhos conhecem bem
Chora lágrimas de sangue 
Anseia por amor e os sonhos de beleza.
Em seu jardim de paz
Mas agora e muito tarde para isso
Longos dias passados...
E agora!
Nunca mais verá a luz do sol te tocar.
Pois agora
És uma criatura da noite.
Lady Dark

1 Comentário:

Dellone disse...

Seus Poemas são Perfeitos Lady Dark
...Parabéns!
Descreve muito bem um pouco
da sensação se estar nas Sombras
de viver nela!
_____

Seguindo!

Dellone!

__________
www.silenceshadows.blogspot.com

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |