O Gótico

terça-feira, 22 de novembro de 2011.
Já estava com saudades dos nossos doces encontros, espero que cada um de vocês estejam bem de bem, ainda mais porque sabemos que a Lady esta ótima, e num curto espaço de tempo estará tecendo novamente coisas lindas e que a cada dia nos atrai mais.
Também passei no Blog da Nix [uma das coisas que não pode faltar no meu dia] li uma postagem no qual ela fala um pouco de Lord Byron, gostei muito, e relembrei algumas saudades... Obrigado Nix! toca-me apenas pela mágia de suas palavras.
Hoje quero indicar a vocês um Blog chamado Universo Sombrio, onde irão encontrar uma variante de informações, desde de imagens, gilfs, passando por postagens. Hoje li sobre 
Elisabeth Bathory, ''A Condessa Sanguinária'' Visitem... além de valer muito a pena, certamente ampliarão vossos conhecimentos. http://universosombrio.blogspot.com/
Gostaria de lhes falar tantas coisas, se pudesse adentrava nesse labirinto de letras, ficaríamos horas a fio, mas vós deixarei uma postagem que recordei essa tarde... ''O Gótico''
Agradeço a presença espiritual de cada um nesse Blog, e a energia que a Lady deixou por aqui, e a cada dia se propaga... Abraços a todos... Boa Semana... Ótima Leitura. Fael...

                              O Gótico
 
Sou o poeta da escuridão que semeia em frios jardins, flores mortas com as pálidas mãos...
Sou o ser escuro que vigia a noite com o olhar de vampiro, buscando encontrar a beleza que se esconde em cada sombra.

Meus olhos pintados de preto vêem o que não pode ser visto pelos olhos mortais. 
Eu sou a bruma noturna o ouvido dos Gárdulas nas catedrais...

Eu vagueio nos céus escuros onde os olhos dos corvos brilham no mágico crepúsculo.
Nas trevas vejo a luz que poucos ainda produz e na terra onde os seres do dia rastejam...

Plano suavemente com minhas asas de anjo negro, minha solidão devora as horas esperando o dia terminar, até cair sobre mim o manto da noite onde sonho acordado sem despertar... 

Meus versos escritos com sangue deslizam como uma chuva tépida nos prédios abandonados onde deixo o lamento de um mundo doente gravado...

Doenças deixadas pelos seres do dia que destroem o mundo com sua ímpia enfurecida...
Quem são os estranhos?
ou seriam os loucos? 

Deixe-me só com minha tristeza pois o que resta é chorar, afinal alguém precisa chorar então que seja eu o ser da escuridão o Nosferatu... 

Deixe-me acender minha fogueira na terra das almas mortas, quero deitar-me sobre as lápides frias e tortas deixadas pelos seres de outrora...

Deixe-me cantar nas entranhas escuras... 
''Close to me'' o mundo esta doente, talvez não há mais cura, alguém precisa chorar...
Então que seja eu o ser da noite escura...

                         [Sandro Kretus]

Tradução: Close to me [Perto de mim]
 

8 Comentários:

Anônimo disse...

Dizer o que?
rss...

Simplesmente adorei ler!
Perfeito!
_________

DELLONE

@SilenceShadows

Anônimo disse...

Perfeito li quase todos....
Li mais pq eu acho que tem a ver com minha vida!!!!!

lanygird disse...

belo blog ! adorei e me indentifiquei bastante ^^ estão abertas as parcerias? se fosse eu estaria interessada...qualquer coisa estaria grata se desse uma breve visita: http://monocromatico-lany.blogspot.com/
minha sincera devoção.passar bem.

Fael...Sweet Dreams disse...

Anônimo's obrigado por nos visitarem, voltem sempre... ou melhor façam também um Blog. Já pensaram como seria bom essa idéia? Abraços...

Fael...Sweet Dreams disse...

Lanygird grato pela visita, a Lady certamente esta feliz em saber que você busca parcerias, és bem vinda... Beijos, irei visitar-te em breve...

Anônimo disse...

Criativo,e dá medo!

Anônimo disse...

Esplendido, admirei muito túa obra.
Este ser abissal está contente que depois de muito tempo, encontrei mais seres que assim como eu, podem ver um belo jardim na mais funda escuridão.
Continuarei a ler os outros poemas deste blog, que me agradou desde já.
Sayonara, filho da noite.

Anônimo disse...

diante da imensa escuridão, idolatro o fato de poder o elogiar...
Me caro, o que eu mais espero, é que as trevas domine esse mundo.
Pessoas já não se vive com nos seculos passados. Isso, de certa forma, acaba com nosso passado, idolatrante, escuro e quem sabe até maligno...
E mais uma vez, meus parabéns ! jamais, tão belas foram usadas dessas formas...

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |