32

Ausência do teu olhar (Poema dos leitores)

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012.
Olá caros leitores, é eu sei, a muito tempo não venho nesse cantinho com tanta frequência  é muito bom estar aqui juntinho com vocês outra vez... estou aqui para postar esse poema da pagina aqui do blog "Poemas dos leitores" na qual alguns leitores postam seus poemas e eu escolho os que mais gosto para postar aqui na pagina inicial.. bem espero que gostem.. esse é do Dark B..

O que são as trevas,
se não a ausência do teu olhar?
Como é fria a saudade daqueles que se foram
Não por escolha ou por mazela
Nem por tristeza ou pelo medo
Teu erro foi amar o que não pode ser amado
E bem querer o maldito e o profano
Quantas noites desejei te afastar
Fugir e não te querer?
Mas parecia que tua serenidade escondia uma força
Capaz de domar o próprio demônio
Como é frágil a ternura
Essa falsa potência do amor
Que cega até aquele que enxerga na densa noite
Podia te proteger de tudo e todos
Mas esqueci o pior dos inimigos
E quando a raiva me consumiu
E o ciúmes me mordiscou
Não havia escudo ou graça
Nem amor ou intervenção
Que pudessem te poupar desta sede
Ah eternidade! De que adianta dispor de todo o tempo
Se o que quero esta na inalcançável morada do passado
Onde nada pode ser mudado?
A dor que me consome é descendente da raiva que me fez consumir-te
E no agora, apenas trevas,
Habitação eterna da ausência do teu olhar.

Dark B...

Leia Mais...
19

Efêmero

quinta-feira, 13 de setembro de 2012.

Poemas Góticos esta de volta após algum tempo em inércia, refletindo em nossos caos eu e a Lady estamos voltando. Sabe queridos leitores às vezes é preciso mergulhar no interior do nosso proprio vazio, sentir um tudo dentro desse vazio que existe em nós... Estou isolado nas masmorras do meu eu, tenho o silêncio como meu advogado, e a solidão como minha sentença... Se soubesse quão bom seria o planeta solidão, já teria migrado a muito para esse... Deixo a vocês um belo poema de Maria Fallen... Aqui nos encontraremos secretamente uma vez por semana, com as negras poesias envolto as nossas almas e o negrume a alimentar nosso espíritos... Fael...

                        † Efêmero

Efêmero, mortiço és...
Vida agonizante, angustiante
Efêmero amor que carece
Aflição a cada alvorecer...
Fastidioso, moroso funesto és...
Óh alvorecer...
Vida nefasta...
Que dura a fenecer...
Mortificar... és o bálsamo...
Mortífero alvorecer...
Efêmera morfina, que emana o meu ser.
Mortúario alvorecer...

                       [Maria Fallen]
Leia Mais...
13

Solidão Fugaz?

sábado, 21 de julho de 2012.
Esse é o primeiro poema que vou postar que veio do post ou melhor da pagina que criei "Poemas dos leitores" que se encontra logo acima, quem tiver interesse em ver seus poemas aqui no meu cantinho é só postar lá como comentário e os melhores serão postados aqui, lembrando que só serão postados os poemas de sua autoria! 

Ouço no peito infinda solidão;
- monótona, absoluta, -
Marcada ao compasso das batidas
De um coração tristonho e só.

E no compasso da alma enamorada
- lembranças frias, tétricas. –
Paira ao luar, perolizado,
Um rosto, por estrelas circundadas!

Infinda solidão... A Lua é cheia;
As almas lúgubres, vazias.
A solidão é cúmplice da Lua.

A noite é um túmulo petrificado...
- vultos entre escombros. –
Mas, toda noite passa, e vem o dia!

Ciro di Verbena




Leia Mais...
17

Silencio Mortal

terça-feira, 3 de julho de 2012.
Olá, estava com saudades de vocês queridos, passei para deixar um poema no meu cantinho Gótico, espero que gostem, em breve estarei postando outros, até. 
Lady dark


Eu vejo você murchar
como flores no inverno...

você vira as costas para mim..., me mantendo sob a agua.
sufocando e ofegando para ouvi-lo falar
mas seus labios permanecem como um so
apenas o choro suave do vento quebra o silencio fragil que mergulha como garras em mim.

A membrana otimista de seu mundo de sonho ideal, capta-me
eu sou obrigada a ver você se afastar de mim sem ao menos proferir uma unica palavra
sem paixão em seus movimentos..
Se o gelo pudesse  movê-lo tremeria em seus próprios pés

Como um cadáver, seu toque é frio
Parece que você abriu um portal para outro mundo, onde você reage a nada

Peço-lhe que por favor fale comigo

Seu silêncio é como um esmagador pronto para agarrar meu pescoço
 e quebrar todos os ossos de minha espinha.

Seus olhos me seguram, como preso ao chão ...
Eu posso sentir balas perfurarem o meu corpo quando você franze a testa ...

No matadouro de sua mente eu sou um pedaço de carne pronto para ser rasgado
rasgado em pedaços ..
Em um moedor de carne reduzindo minha mente a uma polpa.
Eu posso sentir seus dedos furarem meu coração como lâminas
Lacerar os músculos para que eu desmaie em paralisia

 Enquanto você está na varanda ... você abre suas asas e voa para longe de mim ...
E eu pego suas penas e mantênho-as  em minhas mãos ....

Corro em sua direção e me ajoelho ao lado de seu quadro quebrado ..
Agora você até se recusar a olhar para mim ...
Por favor, só fale comigo ...

 Diga-me, você está vivo?
fale
Que o sangue que corre de seus olhos
É apenas uma piada cruel que você está contando
para me assustar

 Mas eu estou apenas respondeendo com o silêncio
O que há com você ?
seu silêncio é mortal.

By: Lady Dark
Leia Mais...
21

Seja Bem Vindo ao Inferno

segunda-feira, 21 de maio de 2012.
Esse poema é de uma pessoa muito especial pra mim..
O início de mais uma noite é anunciada,
Pelo úivo da angústia e pelo rosnar da agonia...
Preso novamente estou em lembranças e sentimentos
Que com o passar do tempo eram para serem esquecidas,
Mais todas noites me atormentam, me deixando sem saida...
E aqui estou eu de novo, quase à beira da loucura,
Sem opções tento lutar, mais me falta força...
Força que um dia tive, mais que hoje não passa exitação...
Tentando salvar há mim mesmo como se tudo fosse logo acabar...
Mais, por mais que eu tente me livrar é impossível...
Noite longa que parece não acabar,
Tentando devorar minha alma com sua fome assasina,
Fome insáciavel, sofrimento insuportável,
Acho que não vou aguentar...
Em fim, mais uma noite se finda, e com ela minha agonia
E num rápido momento de paz, sem esperança apenas espero
O sussurro do início da noite dizendo-me...
Seja bem vindo ao inferno.

D.Kisser
Leia Mais...
12

Ás vezes...

domingo, 12 de fevereiro de 2012.
Às vezes, 
só às vezes ... Parece que eu perco a cabeça
 Pois eu não posso dar sentido a este mundo,
 eu não posso fazer escolhas sem enxergar o óbvio. 
Às vezes, só às vezes ... estou bloqueando minha consciência,
 eu estou sozinha e confusa.
 Não sabendo para onde ir 
 Às vezes, só às vezes ... Você me ve lutar. 
Mas, honestamente, você  não me importa.
 Porque no seu mundo, é só você. 
 duas almas egoístas colidem. 
E mesmo o amor não pode aliviar 
Nenhum cuidado ou ternura pode curar a dor causada. 
Você é o que você é, e eu às vezes ... Só às vezes ... 
Uma pessoa perdida no mundo sem saber onde ir...
Eu só queria as vezes... poder te abraçar 
Ás vezes...só as vezes..
Lady Dark
Leia Mais...
5

Marcas do Tempo

Eu minto em algum lugar ao longo do caminho ...
Sob o céu nublado branco, pálido.
Se eu realmente estava lá ... 
Minha sombra não importa,
Minha presença não iria vacilar.


Ah, mas você deve ver.
Espero ainda.
Sem se abalar. 
As marcas do tempo passar sobre mim..


E os dias e os anos que vivemos
Eles passam por nós tão rapidamente agora
Aceleram mais rápido à medida que envelhecemos. 
Quão rápido eles podem seguir em frente, 
mas eu só queria ficar para trás. E agora ... 


Eu percebi ... Tudo pode mudar, 
tudo pode acabar tão brevemente. 
Então apenas viva 
E deixe as memórias e lembranças para traz
Lady Dark
Leia Mais...
6

Momentos Da Vida

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012.

Dancei para o trovão
Eu temia seu raio
Mas mesmo assim
Me banhei em sua chuva
E voei em sua corrente de vento
Mas era uma tempestade passageira
tempo bom não é sempre propicio
para fazer amizades
nem novos amores
uma estrela sem fim brilha no céu
o sol vai nascer novamente
mas logo se põe...
amigos perdidos
amantes desaparecem
nada pode ser feito
por eles, por qualquer um...
Todas as estrelas se vão
Acautelai-vos a viver cada dia como seu ultimo
Pois assim como o sol se põe
Como a tempestade é passageira
Nossas vidas também se vão
A vida também e passageira.
Lady Dark

Leia Mais...
6

Sacred Ground

domingo, 5 de fevereiro de 2012.
                             
                              

gothicc - gothic photo  
Senti tanta saudades de vocês meus queridos, estive afastada por alguns motivos que não vale a pena lembrar   
Hoje meu querido, meu anjo da guarda Fael me contou como estão as coisas por aqui então resolvi entrar e postar um poema que escrevi a um tempo atrás quando perdi uma pessoa muito importante... espero que gostem queridos e obrigado a todos pelos comentários e pelo carinho em especial a Nix, minha querida Anja gótica você que está sempre por aqui dando força, comentando nos ajudando de uma certa forma, muito obrigado mesmo, uma ótima semana a todos vocês meus anjinhos.



Ando em solo sagrado 
O local de descanso das almas passadas. 
você  é o que eu procuro, 
Este era nosso lugar 
A terra fértil a partir do qual a rosa negra do nosso amor brotou 
Trocamos sangue em meio a essas sepulturas. 
transfundido nossos mais obscuros pensamentos e sonhos.
E também aqui que perdi você 
Mas nossas almas se unem noturnas todas as noites
estamos ligados pelo nosso amor
Nossas essências próprias são nutridas 
no sangue consagrado de nossos corpos mortais
juntos construiremos um caminho em direção a uma eternidade escura
onde ninguem irá nos separar novamente
Meu amor
Lady Dark
Leia Mais...
5

† Nix † A Poetisa


Amigos, hoje vou lhes mostrar um grande e singelo exemplo de cumplicidade entre o leitor(a) e o(a) Blogueiro(a), pois o(a) leitor(a) é a menina dos olhos de quem faz a  postagem.           
                       Aviso aos Leitores
Caros Leitores, gostaria de lhes informar que a partir desta segunda (06/02/2012) não estarei postando como antes, pois as aulas irão retornar, e eu preciso muito estudar esse ano, porém não se preoculpem, eu não os deixarei. Sempre que puder estarei atualizando o Blog. Quero agradecer a todos vocês que estão sempre aqui visualizando minhas postagens e deixando brilho em minha escuridão. Agradeço especialmente a Fabio Kevein, Lady Dark e Fael por todo o carinho e apoio.

Pode haver muitos tormentos, muita solidão, muita melancolia. Mas lembre-se, cada noite é o início de um novo dia, e, todos os dias renovamo-nos nessa senhora tão sombria e bela.

                  Comentários no Blog da Nix

Fael disse:
Que você detenha toda a sabedoria e conhecimento que almeja, pois assim terá o poder, discernimento, decisão, sucesso e toda a simplicidade para cativar ainda mais seus admiradores. Nix você já é, e certamente continuará sendo o espelho para muitas pessoas. Sentirei falta da sua silhueta, dos seus vestígios, mas agora esta mais viva que nunca as suas escritas, seus sentimentos, suas abordagens e sua lembrança. Que você tenha nos estudos a mesma aplicação como neste Blog. †Alba Lupus†

Lady Dark disse:
Faço das palavras do Fael as minhas e mais, que fortaleça em seus dias os pilares do conhecimento, para edificares em ti o castelo de sabedorias. Que sejas bem sucedida querida.

*Amigos fiz essa homenagem a Nix não porque ela citou o meu nome, ou o da Lady, e mesmo o do Fabio, mas pelo carinho e atenção que ela dispensa a seus leitores, além do grande talento que ela tem. Obrigado mais uma vez Nix... 
O mundo Gótico agradece ser eterno ser... 
Boa Semana a todos.
Você que ainda não visitou esse maravilhoso Blog, vá conferir tamanha riqueza em temas e postagens... albalupus.blogspot.com
Leia Mais...
10

Ira Lasciva

domingo, 29 de janeiro de 2012.

Quantas vezes ocultamos em nós lágrimas e nuvens de tristezas no céu de nossas mentes[?] Lamúrias camufladas em formas de sorriso! Por isso amo essa coisa de introspecção, guardo no báu dos meus olhos turvos e taciturnos, meus mistérios e segredos... meu grito em silêncio! Guardo minhas dores no porão da minha alma. Essa mesma que me açoita, me acaricia, me ensina e me acalma. Deixo a vocês a postagem abaixo, com fragmentos de dualidade de espírito, um lado que todos temos... às vezes anjo... às vezes demônio. O que desperta em seu âmago? Leia a postagem, depois responda a sí proprio, se possível compartilhe a resposta com os olhos dos que por aqui perpassam, ou continue guardando em segredo. Boa Semana a todos... [Fael]

                       †Ira Lasciva

Eu sou o semblante triste, o sorriso curto e ainda tímido. Por traz dos olhos de esfinge, se esconde um vulto ou espírito.

Dentro da minha alma existe uma necrópole de vampiros suicidas mortos de overdose.

Fragmentos de poesia, anjos loucos num calabouço acusados de heresia e torturados pelo fogo.

São vagas todas as lembranças da insânia ingênua e lua fria. Fui traído pela falsa santa, na neve branca da melancolia.

Assim ao amor dos mortais, prefiro a solidão dos anjos. E a minha condição fugaz de simples ser humano.

Sou uma tela, sou um quadro surreal pintado à óleo e sangue. Sou guerreiro guardião do Santo Graal na clausura de Notre Dame.

                          [Rodrigo Q.]
                  Autor dessa Primazia

                              Site:
                    SpectrumGóthic

Leia Mais...
6

♥ Ama-me ♥ [?]

domingo, 22 de janeiro de 2012.

Olá amigos, lembram-se da postagem anterior, e nas mais diversas formas do amor[?] bem...
Amar é se dar com intensidade, é sentir o pulsar dos corações dentro de um mesmo compasso, é sentir a dualidade de um sentimento dentro de uma única paixão, é desse amor que vós falo, que nutre e devora, que assusta e apavora, que nos faz refém, nos rende, mas que se entrega também. Hoje li um poema, tão imortal quando sua autora, e coincidentemente da continuidade ao que abordávamos. Espero que degustem o máximo dessas que tanto saboreei...
Agradeço sempre a luz de cada olhar, e de cada espiar, e sempre lembrando da querida Lady ela é que faz todo o sentido da existência desse Blog... [Lady, você me faz falta...]
Boa Semana Amigos (as) e Leitores (as) ♥ Fael...

                           Ama-me[?]

Ama-me como por encanto, ria meu riso chore meu pranto. Ama-me com simplicidade de alma, verdadeira e vorazmente, ama-me simplismente.

Ama-me como um bicho sem pudor e sem leis, ama-me num esconderijo e sem dó nem piedade, crava em mim tuas garras de amor e de vontade.

Ama-me vertiginosamente à beira de abismos e alturas celestes, conforta a minha alma que há séculos espera perdida em guerra de sentimentos e dores, saudades e angústias. 

Salva-me de mim mesma! mas ama-me. Ama-me como a muito tenho esperado, ama-me com a paixão dos desencarnados, ama-me com a piedade dos bons, e o desespero dos rejeitados.

Ama-me no céu como no inferno, sem tempo nem idade, ama-me com vitalidade. Ama-me nesta vida e em todas que puderes. Ama-me irrestrita e desesperadamente.

Como se fosse a última ou única. Ama-me porque sinto saudades, porque só sei amar com vontades, porque tua existência é necessária porque teu amor tem verdades.

Porque apenas com você me sentirei plena, verdadeira, amada, completa e acalentada. Ama-me porque a noite é chegada, se demorares muito poderei não mais estar nesta estrada...

                       [Aisha Imortal]
Leia Mais...
12

Amor e Ódio

domingo, 15 de janeiro de 2012.

Amor, um sentimento tão único, tão pessoal que quando amado nas mais diversas proporções não mede limites ou distâncias, uma vez revolto se torna o mais perigoso e mortal dos sentidos humanos, desencadeando as piores situações catastróficas possíveis. Porém depois de curado pode nos imunizar totalmente e ensinarmos a ter mais cautela. Não podemos escolher a quem iremos amar, pois este é instantâneo e indomável, mas podemos matar essa semente, para que não seja daninha em nosso corações. Pense nisso antes de entregar seu coração a alguém...

*Enquanto refletem deixarei aqui um lindo poema dessa dádiva chamada Leni Martins
Boa Semana a todos, e muita sorte em seus relacionamentos amorosos, afinal precisamos nutrir um amor que nos devore. Beijos... [Fael]

                          Amor e Ódio

Eu te amo, com todo ódio que tenho, amo com o mais suave dos venenos com o mais doce sentimento, com a dor mais profunda de alguém [que] chora em silêncio.

Eu te amo com todo ódio que tenho!  
Amo com a fragilidade de uma flor amo com a força de um guerreiro.

Eu te amo e te odeio! com todos os sentimentos como a tempestade que passa como o assobio de um leve vento.

Eu te odeio, porque amo demais este amor que tenho!

                         [Leni Martins]
Leia Mais...
12

Jardim das Almas Mortas

sábado, 7 de janeiro de 2012.
                Começaremos o ano assim

Passeando por entre os túmulos deste funesto jardim... É aqui que deixo meus sentimentos recolhendo as pétalas de solidão, essas que perfumam minh'alma vazia, que tornam minhas noites de verão úmidas e frias, elas não precisam do teu calor tão pouco da tua companhia, já que com o veneno de tuas palavras sepultaste-me um dia... não deixe aqui teus olhos mareados d'água para que não desague tuas lamúrias em minhas mágoas... [Fael]

            †Que nós adentremos então...

Num jardim de altos muros essa noite fui passear
Guiado por um anjo negro que em todos lugares me fez passar...

Nesse jardim de altos muros que a luz impedia de entrar, era frio, morto, escuro, para onde quer que pudesse olhar...

Flores mortas pelo chão, fragrância de rosas murchas no ar... A morte era muito presente ali, não havia mais vida naquele lugar...

Em seus corredores longos e escuros eu percebia ao caminhar, que nem mesmo a poderosa quimera em seu interior conseguiria ficar...

Vultos sem face, corpos sem corações, lar dos condenados à eternidade de viver sem vida, de morrer em vão...

Onde encontrei tal jardim tão cheio de desolação[?]  A resposta causou me espanto, desespero, frustração... 

Percebi que o jardim das Almas Mortas, estava dentro do meu coração...

                    [Homem de Preto]

Leia Mais...
 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |