Flores

terça-feira, 30 de abril de 2013.

Meu coração é como flores queimadas 
que ardem no semblante
Sem esperança, cega, perdida ...
Mórbidas confissões que a alma não revela.

Meu coração é como flores
Com espinhos negros que me feriu.

Eu viajei em passos silenciosos pela escuridão
Sombras a retirar meus dias de sonhos
Para assustar-me para a vida.


Eu  me rendo ao seu poder sobre o meu lado mais obscuro,
longe das alegrias da carne, amaldiçoada!
Malditos!Oh vida! Oh fantasias!
Meu destino caiu para a prisão de minha alma,
As alegrias da vida são fracas para a carne
Consumida pela escuridão.

Sozinha na prisão da  minha alma,
Oh sonhos ! Óh meu Guardião da noite!
Minhas lágrimas tristes se afogou retiradas do meu inferno interior.
minha alma canta o desespero da sua morte
voltando para o reino da glória do tempo
Espalhando os fantasmas dentro do meu tormento.
Meu coração sangra sem paz, 
 Em tempos de guerra
Sozinha espero o meu destino
Porque eu estou perdida em caminhos escondidos dentro de mim
E minha voz ecoa em sua eternidade ...
Lady Dark



28 Comentários:

Anônimo disse...

Nunca comentei no seu site, o encontrei ha um ano mais ou menos e vi que passou por alguns problemas, interrompendo os posts, e "revezando" com outro poeta e os poemas dos leitores... Mas ocasionalmente me recordo do site e da qualidade dos poemas e ocasionalmente o procuro nas raras horas de ócio no trabalho rs. Mesmo não me conhecendo, saiba que aqui tem um fã.

Anônimo disse...

eu quero conhecer novas bandas de rock góticos alguem pode me sugeri algum?

lady dark disse...

Obrigada querido, sim passamos por momentos ruins, tive a ajuda do meu querido anjo Fael, ele me ajudava nas postagens, infelizmente ele deixou o blog por motivos pessoais e eu retornei ! senti muita falta desse cantinho, e aos poucos vou começando a postar novamente, espero que venha nos visitar sempre que puder! fico muito feliz em saber que gosta do blog, obrigada pela visita, beijos

armenio aracajano disse...

Oi espero que lembre de mim, pelo meu antigo blog, link no meu poste de hoje... Pois é... as coisas andam difíceis o site flogme saiu do ar, não sei se é temporariamente ou eternamente, sei que tomam meus fotologs e colocam em modo invisível. Adorei o poema... Visita lá o meu também... Pode ser???
E respondendo a pergunta do anônimo. De rock gótico não entendo, mas de Gothic Metal entendo.
Aí vai as bandas:
* Tarja Turunen (ex Nightwish)
*Sirenia
*Epica
* Tristania
* Lùxuria de Lilith (Black Metal)
* The Cure (Rock Gothic)
Nightwish (Florr Jasen, estará no BR tbm)
* Xandria (estará esse ano no RJ)

angel ladynaamah disse...

perfeito posso postar umas poesias suas em minha pagina

Joel Vieira disse...

Olá Lady, tudo dará certo. Descobri seu blog por acaso na internet e me apaixonei. Muito bem planejado. Beijos.

Anônimo disse...

Lady adorei seus poemas,a maioria deles e oque eu realmente sinto,continue com os poemas sempre,voce e muito talentosa

Vamp disse...

Como sempre, és muito bela ao expressar teus sentimentos em palavras Lady.
Uma boa noite e ótima semana!

glaucio cabral disse...

venham pensamentos mortais e encham os corações do humanos com as mais terriveis crueldades!!!

Anônimo disse...

amei todos os seus poemas por: colin gray

Lidia romero lorenzo disse...

Precioso e incrible e fermoso gustame moito :D tes un gran talento :)

Thays Martins de Paiva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

eu amo seus poemas,mas precisas te atualizar.#ficadica.bjs

Lírio das Almas disse...

Saiba que aprecio tua escrita e o talento com que revela a intimidade de tua alma.
São poemas sublimes e realmente edificam, porque afinal, não será a morte a interromper um dom tão divino em expressar o que de mais belo há em teu coração.
Um abraço, seja bem vinda ao Lírio das Almas.

Danielle Soares disse...

adorei o blog me encontrei neste cantinho. voltei mas vezes.

Anônimo disse...

no meio da noite fria
ouço meu nome chamar
ouço a perda de pessoas queridas
tristes choros no ar

no meio da noite fria
vejo sombras desconhecidas
vejo gente q foi embora
e em alguns deixou ferida.

nesse lugar sombriu
vejo em pedra meu nome
espanto-me porem
e peço ao anjo q não me abandone

então eu recobro minha conciencia
e lembro de tudo o q passou
lembro da minha vida
minha vida q a morte levou.

Dorian Gray disse...

Cravos Negros

Cada passo, cada minuto, cada momento em que posso respirar, a opressão da noite, o cheiro da dor pelo ar me envolve, fazendo eu me afogar no mar do desespero do silêncio, gritando com o olhar, vendo aos poucos esses cravos negros intermináveis perfurarem meu peito, como uma lança atravessando meu dorso, te vejo longe, indo para a luz, me deixando no escuro, abandonado, tento gritar teu nome, tento te chamar, mas o silêncio me amarra, me prende.
Estes cravos, que você colocou no meu peito, armas letais, o veneno escorrendo pelo meu corpo, cada gota caindo no chão espelhando o meu desespero, aprisionado nestes cravos negros.


- Dorian Gray

Jota Pê disse...

Olá! Adorei esse blog, e o indiquei como um dos blogs mais versáteis que conheço! Sou meio que iniciante em blog, mas também gostaria se sugerir uma parceria! O link para a postagem do blog versátil você pode ver aqui:

http://ironicaliteratura.com/2013/08/15/the-versatile-blogger-awards/

Se quiser, fique a vontade para conhecer meu blog.

Obrigado!

eliezer wallissom disse...

avhei muito lindo seu poema começei a ler e pela primeira ves meu coração bateu mais rapido nao sei o que é isso nunca um poema fes eu me sentir assin

Fábio Moura disse...

Muito legal seu poema, tive como base para criar esse, meio que uma homenagem, boa noite.

Prisioneiro

Meu coração, vermelho como uma rosa.
Uma rosa queimada pelo fogo do amor.
Sem esperança, sem direção, sozinho.
Obscuro guarda para si próprio seus sentimentos.

Meu coração como uma rosa cheia de espinhos.
Espinhos afiados que rasgam a carne.

Vaga em passos silenciosos pela escuridão.
Escuridão que me priva de meus sonhos.
Traga a esperança e bate tão forte quanto a vida.

Eu me entrego, deixo-me dominar pela escuridão.
Um outro lado toma conta de mim.
Um lado sem alegria, carregado de desilusão e medo.
Aprisionado em meu peito, meu coração bate, clamando por liberdade.

Sozinho em sua prisão, ele já não tem alma.
Chora lagrimas de sangue, se afogando em sua própria melancolia.
Sozinho anseia pelo fim de seu tormento.
Em êxtase, se vê perdido, sem esperança.
Sozinho, fecha seus olhos e vislumbra a eternidade.

Letícia Amanda disse...

Olá Lady Dark!
Gostaria de um pouquinho de sua atenção.
Como seu blog é de poemas e sabemos que existem muitas pessoas que gostam de copiar as coisas, não importa quantas vezes você peça, nem sempre colocam os devidos créditos. E isso é BASTANTE chato.. :/
Bem, no meu blog tem um tutorial de copo bloquear as copias.

http://mycupcake360.blogspot.com.br/2013/09/tutorial-9-protegendo-o-blog-contra.html

O vizu é mt GAY rsrs'
Mas o post é importante ~.^
Adoro seus poemas!
E gosto muito de escrever também.
E percebi que já faz um tempo que você não publica mais nenhum... pf volte Ç.Ç
rsrs'

EMFIM...era só isso! Espero ter te ajudado ;)

Anônimo disse...

É realmente inspirador.
Parabéns...

Anônimo disse...

esse poema e inspirador e a primeira ves q venho nesse site e vejo um poema belo lady dark

Anônimo disse...

Amei o poema,muito profundo mas gostaria de pedir um favor não tenho um conta no Blogger e gostaria muito de ler um poema ''lua de sangue'' alguém poderia publicar??

Lady Dark disse...

Olá queridos, obrigada a todos pelo carinho, continuarei sim postando no blog! beijos <3

Anônimo disse...

perfeito..amei

Vergel de bits disse...

http://vergeldebits.blogspot.com.br/

Lady Dark disse...

Obrigada meus queridos <3 voltem sempre!!
estarei postando sempre que der, beijos <3

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |