Ultima Esperança

sábado, 24 de outubro de 2015.


Pensando no tempo desperdiçado que passei
Durante a noite,  me pergunto onde o tempo parou
Apesar do que eu sinto, bem la no fundo
Há uma necessidade de esconder um desejo de ser corajosa
Mas ao acordar, eles são logo esquecidos
Nesse grande abismo
Eu vago na minha angustia, solitária...
Não consigo afastar essa desesperança
Anseio abraçar a felicidade
Desejo sentir meu corpo vivo novamente
Apreciar o cheiro da chuva caindo na terra
Sentir a alegria dos primeiros raios de sol
E o Adeus esperançoso no fim da tarde
A esperança de que ele irá renascer em breve no céu
Porque  me permito cair novamente?
Eu queria mudar o mundo para melhor
Queria fazer  diferença nesse mundo
Mas não posso, não posso mudar minha própria vida...
Desculpem a minha negatividade
Temo que eu tenha perdido o sentido da vida
Acho que não sou a unica lutando para ver a luz.
Os pecados que devemos nos arrepender para seguir em frente
 está longe demais para pagar...
Eu gritei desesperada para a noite
Que devolvesse de volta a luz
Ela me respondeu com o silencio de sua escuridão.
Então escrevi essas palavras
quando minha ultima esperança morreu dentro do meu peito
Agora sinto apenas o vazio em seu lugar
Talvez eu também tenha morrido.

Lady Dark





7 Comentários:

Lucas Sparks disse...

É Profundo Lady.
Sempre surpreendendo.
Parabens pequena..!!!.

Lady Dark disse...

Imagina Lucas... vocês que sempre me surpreendem com todo esse carinho. Obrigada <3

José Soromenho disse...

Emocionante! São verdades que subsistem no coração da humanidade.

Lady Dark disse...

Obrigada José, volte sempre!!

Rayser Kevin disse...

Cada dia que passa fico mais admirado com a profundidade das suas palavras. Sinto como se pudesse conversar com sua própria alma, ao ler seus poemas. Não me canso nunca de reverenciar seu talento e sensibilidade. Mas de que adiantam minhas humildes palavras. São somente isso... Palavras lançadas ao vento. Apenas fica a esperança de que tais palavras sejam notadas, e não fiquem perdidas para sempre.
Agradeço mais uma vez, Milady, pois suas palavras me deram forças para continuar a trilhar meu caminho por mais um dia.

Lady Dark disse...

Eu que tenho que agradecer querido, não sou digna de tantos elogios, meus escritos são apenas desabafos de uma alma cansada e um coração dolorido, é realmente muito gratificante saber que tenho pessoas como você ao meu lado, obrigada pela visita.

Beijos
Lady

José Soromenho disse...

Eis o endereço do meu blog de escrita onde têm vida alguns alter-egos meus através da poesia assinada pelos mesmos:
josesoromenhowriter.blogspot.pt

Postar um comentário

 
† Poemas Góticos † © Copyright 2010 | Template By Mundo Blogger |